Eletrocar explica atraso na entrega das faturas

Na última semana, vários ouvintes entraram em contato com a reportagem do Diário AM 780, para relatar que a leitura da luz não foi realizada e que a fatura ainda não foi entregue em alguns bairros de Carazinho. Segundo o gerente comercial da Eletrocar, Fernando Vanin, entrou em vigor no mês de fevereiro, uma nova determinação da Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul para a emissão da nota fiscal eletrônica.

Com a nova determinação, a Eletrocar precisou se adequar às diversas mudanças que foram implantadas, como por exemplo: alteração no sistema, um novo modelo de fatura e uma adaptação no formulário. “Todas as mudanças geraram uma série de necessidades que foram implantadas e com isso, gerou uma demora na leitura deste mês. A expectativa é que a situação seja regularizada até este fim de semana”, destaca Vanin.

O que muda na fatura

Ainda de acordo com Fernando, o leiturista terá a autorização momentânea da Secretaria da Fazenda. “Com o modelo determinado, a própria secretaria libera a impressão da nota fiscal e a entrega da fatura para o consumidor já está validado”, salienta Vanin.

Para que a Secretaria da Fazenda possa estar validando a nota fiscal, é necessário que o consumidor tenha os seus dados atualizados no cadastro. “Se algum dado não estiver correto, a emissão desta nota não será autorizada. Neste caso, o leiturista gera a informação, mas dentro da empresa precisamos tratar desta conformidade”.

Outro ponto destacado por Fernando se refere ao tempo de autorização, segundo ele, o leiturista consegue a aprovação em poucos segundos e, caso o tempo demore mais do que o previsto, a orientação é de que a leitura seja realizada em outras residências. “Quando os dados não estão completos, a leitura pode levar mais tempo do que o necessário. Neste período, a orientação é de não gerar a fatura e continuar fazendo as leituras. Quando vem o resultado (aprovação), retornamos à residência e levamos a fatura impressa”, enfatiza.

O período de ajuste pode acontecer até o mês de março e a expectativa é de que todos os cadastros estejam validados. As residências onde as leituras foram concluídas devem receber as faturas a partir da próxima semana.

Média de consumo

Ainda de acordo com Fernando, no mês de janeiro, algumas faturas foram geradas por média de consumo no mês de janeiro. “Devido a falta de funcionários por causa da Covid-19, alguns faturamentos foram feitos com base nas médias. Neste mês, todas as leituras estão sendo feitas e as faturas seguem sendo entregues. Além da dificuldade em função do cadastro e da validação, algumas foram entregues depois. Estamos realizando as leituras e as entregas das faturas dentro do prazo da Anel”, finaliza Vanin.
Créditos: Diário da Manhã – https://diariodamanha.com/noticias/eletrocar-explica-atraso-na-entrega-das-faturas/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *